Saiba como reaproveitar alimentos em seu restaurante

É fato que o mundo está cada vez mais cheio de lixo e que o meio ambiente tem sofrido as consequências de tanto descarte e desperdício de materiais e recursos.

Mas engana-se quem pensa que lixo não aproveitado se resume apenas em sacolas plásticas, garrafas PET e outros materiais que demoram a se decompor. O lixo orgânico, composto de resíduos como restos de alimentos, é responsável por mais da metade de todo o lixo urbano, e se não for descartado corretamente nem aproveitado como adubo, por exemplo, pode se decompor nos aterros, liberando CO2 e prejudicando a natureza.

Antes de jogar fora os ingredientes não consumidos em seu estabelecimento, vale a pena considerar a possibilidade de reaproveitar alimentos. Afinal, além de ajudar a preservar o meio ambiente e respeitar os milhões de pessoas no mundo que ainda passam fome, você fará uma grande economia.

Não sabe por onde começar ou acha inadequado reaproveitar os alimentos? Mude os seus conceitos e confira algumas dicas deliciosas!

Sucos

As cascas das frutas que geralmente são jogadas fora são ricas em nutrientes, fibras e podem ser o ingrediente principal de deliciosos sucos.

Se o seu estabelecimento tem um conceito mais saudável e natural, esse reaproveitamento é uma aposta certa que vai agradar os seus clientes pelo sabor e pela iniciativa. Muitos inclusive, vão pedir as receitas, que você pode compartilhar nas suas redes sociais, por exemplo.

Mas atenção: as cascas das frutas podem conter uma taxa maior de agrotóxicos, por isso, dê preferência aos produtos orgânicos e de fornecedores que você conheça a origem dos frutos.

Sopas e caldos

Quando a temperatura cai, não há quem resista a uma noite de sopas e caldos.

Aproveite para incluir em seu cardápio deliciosas opções dessas iguarias, que podem ser feitas com cascas de batata, cenoura e cebola, alho-poró e temperos frescos. 

Cascas de queijo que erroneamente poderiam parar na lata de lixo podem e devem ser acrescentadas aos caldos e sopas de diversos sabores, dando um toque especial à textura e ao sabor.

Nesse prato, ainda é possível aproveitar pães que não foram consumidos no horário do almoço, por exemplo, transformando-os em torradas para acompanhar os pratos.

Farofas

A farofa é uma receita bastante democrática tanto na produção quanto na hora de agradar a quem a consome, e claro, possibilita o reaproveitamento de diversos alimentos em suas mais variadas etapas de produção.

A farinha, por exemplo, pode ser feita com pães duros que, batidos no liquidificador, se transformam em uma farinha de rosca.

A partir dessa base de farinha, use a sua imaginação (e os alimentos que estão sobrando) para criar as mais diferentes combinações: legumes, ovos, pequenas partes de bacon, presunto, linguiça ou qualquer outro defumado. Além do mais, use frutas, como banana, abacaxi, maçã para uma receita mais agridoce. As possibilidades são infinitas e satisfação dos seus fregueses, garantida.

Para reaproveitar alimentos, o ingrediente principal é a sua criatividade, somada ao conhecimento sobre a quantidade de nutrientes presentes em cascas, talos e sementes e à consciência de que o nosso planeta precisa de menos lixo, menos desperdício e mais boas atitudes.

E você, conhece ou já faz deliciosas receitas com o reaproveitamento de alimentos? Compartilhe-as com a gente aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Cadastre-se em nossa Newsletter:

Share This