Controle financeiro restaurante: o que você precisa saber? Entenda!

O objetivo de todo empresário é ver o seu empreendimento tendo sucesso e gerando lucro. No segmento de bares e restaurantes, muitos podem pensar que essa meta é alcançada apenas mantendo a casa cheia de clientes.

É claro que esse é um fator fundamental, mas para ver o seu negócio prosperar cada vez mais, é preciso manter o controle financeiro restaurante sempre em dia e na ponta do lápis.

Isso porque uma vida financeira acompanhada de perto ajuda a evitar prejuízos e desperdícios, além de auxiliar no controle dos gastos e em novos investimentos. Afinal, apenas sabendo o quanto é possível gastar, é que você pode fazer melhorias sem medo para atrair mais e mais clientes.

Ficou interessado em saber como melhorar a gestão financeira do seu restaurante, não é mesmo? Então confira algumas ações simples e bastante eficientes agora mesmo:

Acompanhe o fluxo de caixa

Diz o ditado popular que é o olho do dono que engorda o boi. Esse fato é uma verdade válida para todas as áreas do negócio. Um bom gestor deve se manter atento à cozinha, ao salão, às compras e, claro, aos números.

Acompanhar o seu fluxo de caixa constantemente permite que você perceba, por exemplo, quais dias dão lucros maiores e em quais você tem prejuízos. A partir dessas informações, é possível criar promoções para atrair os clientes nos dias de menor movimento, ou ainda, estimular uma venda casada (com entrada, prato principal e sobremesa) nos dias de casa cheia, para aumentar o seu ticket médio.

Outra vantagem desse acompanhamento financeiro é saber o quanto você pode gastar (e como pagar) o seu estoque, conseguindo negociações melhores com os fornecedores.

Controle o estoque

Já que estamos falando de estoque, esse espaço do seu restaurante é fundamental para a saúde financeira do negócio.

Isso porque grande parte do investimento do seu dia a dia está ali, e se você — e sua equipe — não tomarem os devidos cuidados, é possível ver o seu dinheiro ser desperdiçado.

Faça um acompanhamento minucioso dos produtos que mais consome e da frequência com que eles são usados. Dessa forma, você evita comprar itens sem necessidade e também evita a falta de algum ingrediente — que comprado às pressas, acaba saindo mais caro.

Uma dica essencial é manter o espaço físico do seu estoque em ordem: deixe todos os ingredientes ao alcance dos olhos, não coloque embalagens próximas aos fornos, fritadeiras e nada que possa esquentá-las e nunca deixe de aplicar o famoso sistema PEPS: primeiro que entra, primeiro que sai.

Utilize softwares de gestão

Para fazer um controle financeiro eficiente e sem erros, você pode — e deve — contar com um software de gestão. Além de facilitar nas contas e evitar os erros humanos, os softwares de gestão possuem diversas ferramentas para acompanhar pontos imprescindíveis do seu negócio, como:

  • custos fixos;
  • custos variáveis;
  • controle de estoque;
  • margem de lucro;
  • investimentos futuros.

Por isso, não seja resistente à tecnologia e deixe que ela ajude você a organizar e controlar as suas finanças. Basta lançar os números e acompanhar os resultados. 

Afinal, o controle financeiro restaurante está em suas mãos e, apesar de parecer uma tarefa complicada, garantimos que não é! E que os resultados vão valer muito a pena para o crescimento do seu empreendimento.

E se você quer saber mais sobre esse assunto e outros temas relacionados, assine a nossa newsletter! Temos sempre conteúdos interessantes e muito úteis para empresários do setor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Cadastre-se em nossa Newsletter:

Share This