estratégia para rentabilidade no setor alimenticio

A finalidade primária de uma empresa, independentemente de seu porte ou do segmento em que atua, é a de gerar lucro. Nesse âmbito, para que a organização tenha êxito, atingindo seus objetivos de mercado, é preciso que o gestor esteja sempre atento às oportunidades de aumentar a rentabilidade do negócio — e o cenário não é diferente no segmento de alimentação.

Se você busca estratégias para alavancar a performance financeira da sua empresa alimentícia, não deixe de ler este texto até o final! No conteúdo, você encontrará dicas valiosas para expandir a rentabilidade do negócio, entendendo quais aspectos administrativos e operacionais podem ser aperfeiçoados de modo a avançar rumo à meta estabelecida.

Preparado? Confira!

1. Mantenha o foco no cliente

A sabedoria comercial apregoa que o cliente sempre tem razão. E a máxima ganha ainda mais força nas empresas de food service, ante a um mercado cada vez mais dinâmico e exigente!

Qualquer organização que deseje perpetuar seus negócios, mantendo a saúde de suas operações, precisa sustentar foco absoluto na satisfação dos desejos e das necessidades do cliente.

Somente ao priorizar cada experiência de consumo, esforçando-se para prover o melhor produto e/ou serviço em toda e qualquer ocasião, é possível manter-se competitivo e potencializar a capacidade de fidelizar o público-alvo.

E mais: ao nutrir uma rotina focada no cliente, as chances de identificar novas oportunidades de mercado — a partir de uma tendência ou de uma nova demanda — são maximizadas.

2. Capriche na gestão de equipes

Os recursos humanos de uma empresa certamente são um de seus ativos mais valiosos. Uma equipe alinhada aos objetivos da empresa e igualmente engajada na missão de alcançá-los é essencial ao sucesso operacional e administrativo.

Para extrair o máximo potencial do seu time, certifique-se de investir na gestão adequada das equipes. Promova um clima organizacional colaborativo, realize treinamentos periódicos e estabeleça indicadores de desempenho para ser capaz de aproveitar as potencialidades de cada colaborador.

Tenha sempre em mente que os funcionários são a cara do negócio — e que, justamente por isso, devem transparecer os valores e os atributos da marca que representam. No segmento de alimentação, os colaboradores estão em contato direto com o consumidor e são o principal canal de contato da empresa. Por isso, fique atento e jamais negligencie a gestão adequada dos seus recursos humanos!

3. Reduza os custos operacionais

É preciso ser muito cauteloso na gestão dos custos operacionais. Processos inflados, retrabalhos onerosos e improdutividade são alguns dos aspectos que interferem negativamente na rentabilidade do negócio, impedindo-o de prosperar como poderia.

É essencial que o gestor esteja sempre atento ao controle detalhado de suas rotinas (valendo-se, para isso, de relatórios e demonstrativos, por exemplo), e que identifique eventuais desvios o mais rapidamente possível — agindo de modo proativo para corrigi-los de imediato.

Custos operacionais fora de controle são como uma torneira pingando: você pode até não perceber o problema no dia a dia, mas certamente verá o estrago quando, no fim do mês, receber a conta. Fique atento!

4. Selecione parceiros estratégicos

As relações de negócio devem ser pautadas em confiança e apoio mútuos. Na tratativa com fornecedores, por exemplo, certifique-se de estabelecer e de manter um relacionamento de proximidade, assegurando uma significativa convergência de interesses. Em um mercado tão dinâmico como o de alimentação, essa relação colaborativa é imprescindível!

É importante contar com empresas que estejam alinhadas ao seu negócio e se disponham a oferecer expertises complementares às suas. Em um ambiente de concorrência acirrada, parcerias estratégicas são fundamentais para prover ótimos diferenciais competitivos e aumentar a rentabilidade do negócio. Invista!

Gostou do conteúdo? Então siga-nos no FacebookInstagram e YouTube para ficar sempre por dentro das últimas atualizações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Cadastre-se em nossa Newsletter:

Share This