Confira 4 dicas para uma refrigeração de alimentos adequada no seu restaurante

O aprimoramento das técnicas de refrigeração de alimentos trouxe benefícios não somente para o consumidor doméstico, mas também para os estabelecimentos de food service, já que possibilita a eles estocar produtos perecíveis, permitindo, inclusive, que alguns pratos, antes restritos a temporadas, figurem em seus cardápios por um período maior do ano.

No entanto, só é possível aproveitar vantagens como essa mediante a aplicação correta das técnicas de refrigeração e armazenamento de alimentos. Além disso, existe uma fiscalização rigorosa nesse sentido, então, todo cuidado é pouco!

Neste post, vamos mostrar 4 dicas para que você tenha sucesso com esses procedimentos no seu restaurante. Não deixe de ler!

1. Correto acondicionamento

Ao acondicionar os produtos em seu estoque, de forma geral, o indicado é mantê-los em suas embalagens originais, separados por categorias para que não haja contaminação cruzada. Também é importante seguir as regras para empilhamento determinadas pelos fabricantes e dispensar alimentos que apresentarem avarias em seus pacotes, pois isso pode comprometer sua qualidade.

Quando no freezer ou refrigerador, devem ser observados espaços entre as embalagens para que o ar frio circule entre os alimentos, permitindo o bom funcionamento do equipamento e que seja mantida a temperatura correta.

2. Cuidado com as temperaturas

Quando o assunto é refrigeração de alimentos, é claro que um cuidado especial deve ser tomado com a temperatura a que os alimentos estão submetidos.

Produtos mantidos sob refrigeração devem ser acondicionados a temperaturas inferiores a 5 °C, de acordo com resolução da Anvisa. Já os congelados, segundo o mesmo ordenamento, precisam ser guardados em câmaras que chegam a –18 °C.

3. Atenção às datas de validade

Um produto fora da data de validade em estoque já pode colocar seu restaurante em risco em uma fiscalização. E, além disso, a ingestão de alimentos vencidos pode ocasionar problemas de saúde. Quem nunca ouviu falar de um estabelecimento que causou intoxicação alimentar em vários de seus clientes?

Esse é um problema dos mais sérios, que pode destruir a reputação do seu negócio. Para evitá-lo, mantenha o estoque sempre organizado, com os alimentos estocados de acordo com sua data de vencimento. Caso encontre produtos vencidos, descarte-os imediatamente!

4. Descongelamento programado

O descongelamento dos produtos mantidos sob refrigeração deve ser calculado, uma vez que não é possível congelá-los novamente. Essa prática causa a perda de propriedades dos alimentos e compromete a qualidade dos pratos que serão oferecidos aos seus clientes, além de significar um grande risco à saúde.

Dessa forma, esteja sempre atento ao funcionamento de refrigeradores, freezers e câmaras frias, para que não haja o degelo de todos os produtos de uma só vez. Isso traria um prejuízo enorme para seu negócio!

Essas foram dicas básicas para uma correta refrigeração de alimentos no seu restaurante. Seguindo-as à risca, além de observar as normas sanitárias do seu município, é certo que você vai manter a qualidade do que é servido em seu restaurante, ficando em dia com as exigências da fiscalização.

Agora que você sabe como estocar adequadamente os produtos perecíveis, que tal aprender a reaproveitar alimentos? Isso é possível e, neste artigo, você vai saber como implementar essa prática no seu restaurante. Aproveite para conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Cadastre-se em nossa Newsletter:

Share This