Melhores práticas para gestão compras

A gestão de compras é um dos fatores fundamentais para uma administração de sucesso em qualquer negócio no segmento de alimentação.

Esse tipo de gestão tem um papel muito importante, pois é responsável por realizar negociações com fornecedores, buscando produtos de qualidade com os melhores prazos de entrega, preços e condições de pagamento.

Confira, neste post, 5 práticas que podem tornar sua gestão de compras mais eficiente. Boa leitura!

1. Crie uma ficha técnica de produtos

Ao criar uma ficha técnica de produtos, você saberá exatamente quais produtos serão necessários para produzir os alimentos. Com isso, é possível descobrir que uma determinada matéria-prima é utilizada em vários pratos, ou pode-se criar produtos utilizando os ingredientes existentes na cozinha, a fim de reduzir o número de mercadorias armazenadas.

Dessa forma, você terá mais chances de obter descontos nas compras, visto que a quantidade a ser comprada será maior. Uma ficha técnica bem elaborada também pode identificar desvios no estoque ou na produção, o que garante menos desperdícios.

2. Analise a rotatividade das mercadorias

Analise a rotatividade de alimentos produzidos, pois caso você tenha algum produto que não tem muita saída e que, ao mesmo tempo, consome itens diferenciados (caros), você certamente sairá prejudicado.

Portanto, substitua os itens com pouca demanda por outros que podem ser vendidos rapidamente e não comprometem as finanças do seu recinto.

3. Tenha um bom controle de estoque

Esse é um passo essencial para uma boa gestão de compras. É muito difícil alinhar prazos para recebimento de matérias-primas, produção e entrega sem fazer um controle de estoque adequado.

Portanto, registre tudo o que entra e o que sai e integre às outras atividades, como controle de pedidos, faturamento e ritmo de produção a fim de coordenar encomendas e seus prazos, evitando, dessa forma, a paralisação na fabricação e entrega dos alimentos.

4. Conte com fornecedores que ofereçam comodidade

Provavelmente você já deve ter efetuado uma compra online e sabe que essa experiência é bastante intuitiva e eficiente. Hoje, também é possível fazer compras de ingredientes em lojas virtuais.

Ao fazê-la, você pode acompanhar datas de entrega, controlar a rastreabilidade de pedidos e, também, reduzir o tempo de compra, uma vez que não será preciso deslocar até um ou mais estabelecimentos para adquirir os materiais para o seu restaurante.

Esse tipo de experiência lhe garante mais comodidade e sobra tempo para administrar outros assuntos relevantes, como atualizar o cardápio ou coordenar a equipe da cozinha.

5. Escolha um software de gestão

Para automatizar seu restaurante, você precisa verificar atentamente quais tecnologias são mais adequadas ao seu negócio. Por isso, ao escolher um software de gestão, considere os seguintes fatores:

  • cadastro de clientes, fornecedores e mercadoria;
  • monitoramento, inspeção, controle de estoque físico (quantidades e validades);
  • gestão de compras;
  • gerenciamento financeiro, como manutenções, divulgação, despesas com funcionários e fluxo de caixa;
  • demonstrativo de faturamentos diários, mensais e sazonais.

É fundamental que as informações acima sejam cobertas pelo sistema ou aplicativo escolhido, pois, assim, você poderá ter uma gestão muito mais eficiente e assertiva no seu estabelecimento.

Com um único programa, será possível, por exemplo, acompanhar o desempenho e custos referentes aos itens da sua despensa, área de investimento (como decoração e publicidade) e funcionários.

Esperamos que as dicas mencionadas neste post possam lhe ajudar na gestão de compras do seu restaurante. Ao aplicá-las, você economizará tempo e dinheiro e ainda aumentará as chances de atrair mais clientes.

E então, gostou deste conteúdo? Aproveite esta oportunidade e conte suas experiências em compras nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Cadastre-se em nossa Newsletter:

Share This